Radio Atlanta

Família real tem medo do vazamento de conversas com Meghan, diz autora

Uma autora afirmou em entrevista à Fox News que existe um motivo pelo qual a família real britânica não tenha procurado Meghan Markle após a polêmica entrevista para Oprah Winfrey.

De acordo com Anna Pasternak, há uma preocupação de que as conversas entre as partes possam ser divulgadas por Meghan para a imprensa do Reino Unido.

“Eles não confiam que, se entrarem em contato com ela, isso não será relatado pela CBS. Você não pode ir à televisão internacional, ter uma audiência de quase 50 milhões de pessoas no mundo todo, basicamente destruir a família real, e esperar que eles entrem em contato de boa fé. Simplesmente não funcionará”, disse Ana.

Na sequência, Anna Pasternak analisa que a família real que as notícias ainda prejudicam Meghan Markle e destaca o desejo da realeza de resolver a situação de forma particular.

“Seria ingênuo pensar que essa entrevista levaria a família real a pensar instantaneamente: ‘Nossa instituição está totalmente errada. Estamos completamente desatualizados. Precisamos de você para nos ajudar a modernizar”, completou.

N dia 16 de março, a apresentadora Gayle King, do “CBS This Morning”, afirmou o príncipe Harry, marido de Markle, conversou com os príncipes Charles e William sobre o assunto. Ela destacou que o diálogo não foi produtivo.

De acordo com o escritor Andrew Morton, especialista sobre a família real britânica, no podcast “Royally Obsessed”, a rainha Elizabeth 2ª permitiu que Meghan Markle continuasse a trabalhar como atriz depois do casamento com o príncipe Harry.