Radio Atlanta

NO AR:

Marcela Braga

10:00 às 13:00

Zezé di Camargo desabafa sobre a solidão e diz: "Ser rico, famoso, não é garantia de felicidade a ninguém"

Zezé di Camargo compartilhou um texto autoral para um livro que está escrevendo falando sobre a solidão nesta quarta-feira, 28.

O cantor sertanejo disse que “ser rico, famoso, não é garantia de felicidade a ninguém” e relatou a contradição de estar no palco na frente de uma multidão e depois, sozinho em um quarto de hotel.

“Mais uma vez abro os olhos e tento reconhecer aonde acordei. Por segundos, a mente recém despertada, confusa, não sei. Por tantos anos na estrada, nem sei quantos caminhos por quais andei. Artista é assim: um misto de mito e solidão, talvez! O quarto, a tv, o livro, a internet, o violão e a canção. São companhias que, às vezes, nem sempre fazem bem para o seu coração. Quero uma conversa, um bom papo, interagir — quem sabe — com alguém. No palco, uma multidão. No quarto, sozinho, não tenho ninguém. A vida é assim, um milhão, muitas vezes, não vale mais que um vintém. Ser rico, famoso, não é garantia de felicidade a ninguém”, disse Zezé em suas redes sociais.

O cantor ainda disse que se considerava um “amante da vida”. “Mesmo assim, agradeço a Deus pelo fato de ser o que sou. São poucos os que têm o dom de fazer o que faz com amor. Súdito, submisso, desse povo que me fez ser o que sou. A vontade e a fé têm que ser maiores que as curvas da vida. Essa força que me move não pode ser a entrada. Tem de ser a saída! Por isso, eu sou, independente do que aconteça, do que pode vir, um exacerbado e louco, pra viver as surpresas. Sou amante da vida!”, declarou.

Fonte: Caras

]]>